vexilologia, heráldica e história

11
Dez 11

Pelo Decreto de 23 de setembro de 1911, foi alterada a Ordenança Geral da Armada, no que concernia aos distintivos usados nos navios da Armada Portuguesa. Estes novos distintivos, introduzidos na sequência da implantação da república, vieram substituir os distintivos que eram usados desde 1896.

 

O modelo de distintivos introduzido em 1911 ainda constitui a base dos distintivos atualmente usados pela Marinha Portuguesa.

Distintivos

Bandeira Número Quem identifica Onde se arvora
1
  • Presidente da República
Tope grande
2
  • Outros ministros
Tope grande
3
  • Ministro da Marinha
Tope grande
4
  • General comandante de divisão

Tope de proa

 

5
  • Governador-geral de colónia
Tope grande
5
  • Governador de colónia

Tope de proa

6
  • Governador de distrito das colónias
  • Governador civil de distrito do Continente e ilhas adjacentes

Tope de proa

   7
  • Major-general da Armada
  • Almirante
Tope grande
8
  • Vice-almirante comandando em chefe
Tope grande
9
  • Diretor-geral da Marinha
  • Contra-almirante comandando em chefe
  • Contra-almirante debaixo de ordens de vice-almirante
Tope de proa
10
  • Contra-almirante debaixo de ordens de outro contra-almirante
Tope de proa
11
  • Capitão de mar e guerra comandando divisão ou forças estacionadas
Tope grande
12
  • Comandante mais antigo de dois ou mais navios da Armada no mesmo porto

Tope da mezena

Tope de proa (navios só com dois mastros)

13
  • Administrador dos Serviços Fabris
 
14
  • Chefe de departamento marítimo
 
15
  • Capitão de porto
 
16
  • Adjunto de capitania
  • Delegado marítimo
 

 

A Flâmula ou qualquer distintivo de comando só deveriam ser arreados quando a bordo de um navio da Armada estivessem o Presidente da República, o ministro da Marinha, o major-general da Armada ou um oficial de patente superior à do comandante do navio que tivesse distintivo especial e que exercesse comando direto sobre o navio ou força naval a que ele pertencesse.

 

Nas embarcações miúdas, os distintivos pessoais eram içados à proa.

Referências

  • Decreto de 23 de setembro de 1911
  • Drawings of the Flags in Use at the Present Time by Various Nations, Londres: Admiralty, 1915
  • JANE, Frederick Thomas, Jane's Fighting Ships of World War I, Londres: Studio Limited Editions, 1990

 

JOSÉ J. X. SOBRAL

 

publicado por audaces às 08:56
tags:

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
mais sobre mim
Novos visitantes desde 25 de Julho de 2009
free counters